ALERTA

 SURTO DE HEPATITE A EM SÃO PAULO

 

A Secretaria de Saúde da Região Metropolitana de São Paulo, através da COVISA confirma um surto de hepatite A nesta região, que vem acometendo, principalmente adultos jovens (20 a 24 anos), tendo início em homossexuais.

 

O informe técnico da Coordenadoria de Controle de Doenças do Centro de Vigilância Epidemiológica “Prof. Alexandre Vranjac”, da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo confirma também que casos de hepatite A têm se espalhado também para todo o Estado. 

 

Com início em 2016, na Europa, a hepatite A acometeu Portugal, França, Alemanha, Reino Unido e posteriormente os Estados Unidos ( Estado de Nova York e Califórnis), Chile e, finalmente, São Paulo.

 

É provável que pessoas que retornaram dessas regiões, tenham contraído o vírus da hepatite A e transmitido, posteriormente a brasileiros.no município de São Paulo,

 

identificou até a SE 22, 101 casos, onde 80% dos casos são do sexo masculino, 63% com idade entre 18 a 39 anos e cinco casos declarados como HSH e um óbito

 

Até a 22 semana de 2016, o Município de São Paulo notificou 101 casos , sendo 80% em pessoas do sexo masculino HSH. Destes, um foi a óbito pela doença. O mesmo perfil ocorreiu em cidades do interior, como Campinas, Americana, Ribeirão Preto e muitas outras.

 

Como é transmitida a Hepatite A

 

A hepatite A é uma doença de transmissão fecal-oral, ou seja, a maior parte das pessoas adquire através da ingestão de água e alimentos contaminados. O contato oral com a saliva e secreções anais de pessoas contaminadas, também é um veículo de transmissão, portanto, o bijo e sexo oral estão inclusos.

 

Em crianças, geralmente tem evolução benigna, auto-limitada e não deixa sequelass, mas , em adultos pode evoluir para insuficiência hepática fulminante e , quando não dá tempo do paciente ser transplantado, a morte é a principal consequência.

 

Os sintomas são muito evidentes, como: fraqueza, febre baixa, dor de cabeça, dor abdominal, naúseas ou vômitos. A cor amarelada da pele e olhos (icterícia) pode aparecer após alguns dias e a urina se torna escurecida (colúrica ou cor de chá mate) e as fezes esbranquiçadas. Algumas pessoas também podem ter dor de garganta, faringite  e manchas pelo corpo.

 

A única forma de prevenção é a vacinação e evitar contato com secreções contaminadas.

 

Vacina de Hepatite A

 

A vacina de Hepatite A está disponível, nos postos de saúde, para crianças até 2 anos de idade, portadores de outras doenças hepáticas e de HIV.  É administrada em dose única.

 

Nas Clínicas de Vacinação da rede Privada, a vacina está em falta atualmente. Devido à alta demanda da vacina nos países da Europa e Estados Unidos, ôs laboratórios estão enviando muito poucas doses ao Brasil, que se esgotam rapidamente, não suprindio, infelizmente a demanda. No setor privado, a vacina é indicada em duas doses com intervalo de 6 meses, na forma isolada e três doses, com intervalos de 0-1-6 meses, na forma combinada com a vacina de hepatite B.

 

Com a falta de vacina, como podemos evitar a Hepatite A?

  • procurar, de preferência se alimentar em casa
  • optar por alimentos bem cozidos, principalmente verduras, legumes, peixes e frutos do mar
  • lavar bem as mãos com água e sabão antes de preparar alimentos ou ingerí-los
  • usar soluções desinfectantes para alimentos crus
  • evitar gelo em bebidas
  • usar preservativo nas relações sexuais (também para sexo oral)
  • lavar as mãos, genitais, ânus e boca após relações sexuais
  • ingerir somente água filtrada e purificada e de procedência garantida
  • lavar bem as frutas e legumes com detergente antes de descascá-los

 

FONTES

http://www.saude.sp.gov.br/resources/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica/areas-de-vigilancia/doencas-transmitidas-por-agua-e-alimentos/doc/2017/if17_hepatitea.pdf
 

https://saude.abril.com.br/medicina/ha-um-surto-de-hepatite-a-acontecendo-agora-em-sao-paulo/

Covisa hepatite A.jpg
hepatite A 2.jpg
landscape-1469461430-gettyimages-pha079000044.jpg
download (6).jpg
5707168747_bed37a212a_z.jpg
images (20).jpg
images (14).jpg
images (21).jpg
download (5).jpg

 

 

OBSERVAÇÂO IMPORTANTE

O vírus da hepatite A pode sobreviver em superfícies externas por muito tempo, antes de infectar o corpo humano 

inclusive alimentos ongelados e 

água salgada.

 

 

06E8589F000005DC-0-image-a-27_1486060579559.jpg