img_flu.jpg

Quem dem recomendação da vacina contra gripe?

 

Todas as pessoas acima de 6 meses de idade, principalmente para a proteção contra o vírus A H1N1, já que ele teem causado maior incidência de complicações na faixa etária  de 29 a 59 anos. Ó vírus B têm incidido mais comumente em crianças préescolares.co para complicações são:

 

-crianças dabaixo de 4 anos de idade
-gestantes
-portadores de doenças crônicas : asma, diabetes, insuficiência renal e hepática, cardiopatas,  com doença neurológica
- pessoas acima de 60 anos de idade

- transplantados

 
Mutação do vírus H1N1 

 

Entre 2015 e 2016, o vírus pandêmico A (H1N1)pnm09 sofreu mutações genéticas resultando em aumento de sua virulência e na serevidade da doença em vários locais do planeta, incluindo Brasil.
Estudos  para analizar seus antígenos de superfície observaram a presença de mutações no gene HA do vírus A (H1N1)pdm09 em 2015, quando comparadas com cepas de 2009, desenvolvendo maior virulência e gravidade da doença.

 

Tanto no Sudeste Asiático, como na América do Sul, o vírus A(H1N1)pdm09 ainda permanece o principal influenza determinante de complicações e com maior incidência.

 

Na Europa, o vírus A(H3N2) predomina, seguido de influenza B.


A Clínica imunity está em 2017, utilizando duas vacinas contra gripe ano 2017 para o Hemisfério Sul, licenciadas pela ANVISA e que vêm com as  seguintes apresentações:


Vacinas Influenza trivalentes

 

 

um vírus similar ao vírus influenza A/Michigan/45/2015 (H1N1)pdm09;

um vírus similar ao vírus influenza A/Hong Kong/4801/2014 (H3N2); 

um vírus similar ao vírus influenza B/Brisbane/60/2008


Vacinas Influenza quadrivalentes


um vírus similar ao vírus influenza A/Michigan/45/2015 (H1N1)pdm09;
um vírus similar ao vírus influenza A/Hong Kong/4801/2014 (H3N2); 
um vírus similar ao vírus influenza B/Brisbane/60/2008.
um vírus similar ao vírus influenza B/Phuket/3073/2013


(grifados  em azul são os vírus de maior prevalência)